Virou o MÉQUI 1000: A história do casarão Hannud, Ícone da Av. Paulista

Desbloquear a melhor experiência!

A assinatura da Chaprié Premium garante-lhe acesso ilimitado a todos os conteúdos da revista. Além disso, pode ainda ler sem limites em todos os seus dispositivos e estar 100% livre de propagandas

Antes de abrigar a milésima filial da rede de fast-food, o local percorre mais quase 80 anos de história no endereço

O casarão que ocupa o número 1811 na Avenida Paulista, um dos endereços mais notórios da América Latina, já foi reconfigurado esteticamente diversas vezes.

Antes de abrigar a milésima filial da rede de fast-foods McDonald’s, popularmente conhecida como Méqui 1000, ela foi palco para ações da NBA, liga de basquete norte-americana, já instalou um banco e chegou a ficar vazia, sem qualquer uso ou morador.

Contudo, revisando a história do endereço, é necessário compreender a origem de sua criação. Até o ano de 1944, o terreno não tinha a mesma forma, mas abrigava uma residência no estilo de um chalé suíço.

Contudo, o proprietário faleceu, possibilitando Maria e Wagih Hannud, comerciantes do ramo têxtil, a se mudarem junto dos 4 filhos para o local, cujo endereço já era cobiçado há anos pela esposa.

Ambos eram imigrantes e, Maria, em especial, se formou no Conservatório Dramático Musical, curiosamente tendo aulas com Mário de Andrade durante o período, segundo apura a revista Esquinas.

Virando casarão

Ao adquirirem o local, demoliram a primeira residência e construíram a mansão com os padrões arquitetônicos conhecidos até os dias atuais. A revista Esquinas ainda apurou que o desenho do casarão foi feito em 5 meses com base em recortes de almanaques reunidos por Maria, que usou diversas referências para a modelar a casa dos sonhos.

Para concretizá-la, mais 5 anos de construção e, por fim, decoração, do inglês Mr. Ronald Upstone. Por lá ficariam até o início dos anos 1990.

Com o tempo, as grandes escadas e espaços amplos tornaram-se vilões aos residentes mais antigos durante o envelhecimento pelas dificuldades de locomoção.

A família Hannud se mudou para um apartamento e continuou a administrar o endereço para aluguel, abrigando o extinto BankBoston a partir de 1996 e, ao ter seus ativos comprados em 2006, passou a abrigar o Itaú, encerrando o contrato em 2016.

Até 2019, eventos temporários de marcas diversas passaram pelo local, especialmente em períodos natalinos, até comportar a lanchonete internacional atualmente instalada no casarão.

Marcelo Pinheiro
Marcelo Pinheiro
Escritor; entretenimento, moda, tecnologia e crítica. Redator e fundador da Revista Chaprié

Outras Matérias

Caminhão abandonado com corpos de 51 pessoas mortas é encontrado.

Quando a emergência foi chamada, 46 vítimas foram declaradas mortas no local, enquanto outras 16 foram encaminhadas ao hospital.

Billie Eilish critica repercussão do caso Johnny Depp vs Amber Heard

Após apresentar uma música com referência ao caso Johnny Depp vs Amber Heard, Billie Eilish voltou a falar sobre o julgamento mais falado dos últimos...

Após julgamento, Warner toma decisão sobre Amber Heard; fãs de Johnny Depp comemoram

Dias após a derrota de Amber Heard para Johnny Depp nos tribunais, Warner Bros. faz reunião e toma decisão sobre futuro da atriz no DCEU. Na...

Famosos de Hollywood se dividem sobre veredito de julgamento de Johnny Depp e Amber Heard

Sharon Osbourne, Ashley Benson e Naomi Campbell estão entre as celebridades que se manifestaram sobre o desfecho do caso judicial Após semanas de um julgamento explosivo,...

Johnny Depp foi a bar momentos antes do anúncio de veredito em julgamento

Johnny Depp não estava no tribunal do condado de Fairfax, na Virgínia (EUA), no momento em que o júri entendeu, de maneira unânime, que o ator...

Justiça decide a favor de Johnny Depp em caso de difamação contra Amber Heard

Veredito foi revelado na tarde de hoje (1º), após seis semanas de julgamento O júri do caso de difamação de Johnny Depp contra Amber Heard decidiu que a acusação do...

Exclusivo

Premium

A assinatura da Chaprié Premium garante-lhe acesso ilimitado a todos os conteúdos da revista. Além disso, pode ainda ler sem limites em todos os seus dispositivos e estar 100% livre de propagandas.

Newsletter

Recentes