Tragédia em Petrópolis: número de mortos sobe para 152 e 154 seguem desaparecidos

Fortes chuvas que caíram em Petrópolis (RJ), na região Serrana do Rio, provocaram enchentes e deslizamentos na noite de terça (15/2), com pelo menos 152 mortos contabilizados até o início da tarde deste domingo (20/2), segundo o Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro.

De acordo com a Polícia Civil, 147 corpos já foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Petrópolis: 91 são do sexo feminino e 56 do sexo masculino. Entre eles, 28 são crianças ou adolescentes. No total, 124 já foram identificados.

Ainda segundo a Polícia Civil, 108 corpos já foram liberados e entregues para a funerária.

Conforme a Prefeitura de Petrópolis, até a tarde deste domingo 114 vítimas da chuva já haviam sido sepultadas em um cemitério da cidade.

Até a manhã deste domingo havia 154 registros de pessoas desaparecidas na cidade, segundo dados da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA).

A Prefeitura de Petrópolis decretou estado de calamidade pública após o temporal. Nos últimos dias, as buscas chegaram a ser suspensas em algum período em decorrência de novas chuvas na região.

Equipes de resgate trabalham na região desde a noite de terça-feira, ajudando famílias e buscando corpos em meio a escombros.

Diversas ruas da cidade ficaram intransitáveis após o temporal, algumas ruas do Centro Histórico de Petrópolis perderam o asfalto e inúmeras casas foram destruídas em diferentes trechos do município. Uma das áreas mais devastadas foi o Morro da Oficina, no bairro Alto da Serra. Ali, segundo estimativas de autoridades locais, ao menos 80 casas foram atingidas por uma barreira que caiu na região.

“A Prefeitura de Petrópolis está com todas as equipes mobilizadas para o atendimento às ocorrências. As pessoas estão acolhidas nos pontos de apoio que funcionam em escolas da cidade”, informou o governo municipal em seu site no Facebook logo após o temporal.

“Nos locais, a população recebe o suporte de profissionais de Assistência Social, Educação, Saúde, além da Defesa Civil, que está totalmente dedicada ao atendimento aos casos com vítimas. Os agentes atuam em conjunto com o 15º Grupamento do Corpo de Bombeiros. Equipes da Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis e Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes também atuam por toda a cidade.”

Na semana passada, a Secretaria de Defesa Civil havia colocado a cidade em Estágio Operacional de Atenção devido à previsão de fortes chuvas. No entanto, como não houve o volume esperado, o governo municipal retornou a cidade para o Estágio Operacional de Observação na segunda-feira (14/2).

Mas na terça-feira o volume de chuvas aumentou muito, provocando grandes estragos pela cidade.

Autoridades no local

O governador do Rio de Janeiro, Claudio Castro, e o presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, André Ceciliano, se deslocaram para o município para acompanhar os trabalhos de resgate na manhã de quarta-feira.

“As imagens são muito fortes e, provavelmente, vamos amanhecer com imagens tão ou mais fortes. É realmente uma tragédia grande. […] O que nós vimos é uma cena muito triste, cena praticamente de guerra”, disse o governador na noite de terça-feira à TV Globonews.

Segundo o governador, o volume de chuvas “é praticamente como nunca foi visto na cidade” antes.

O presidente Jair Bolsonaro, que estava em visita oficial à Rússia, tuitou logo após a tragédia para afirmar que fez telefonemas a ministros para envio de auxílio às vítimas.

Medidas do Município

De acordo com a Prefeitura de Petrópolis, equipes da Defesa Civil têm trabalhado no atendimento a ocorrências e têm apoiado o Corpo de Bombeiros em áreas onde há suspeita de vítimas.

Segundo o prefeito da cidade, Rubens Bomtempo, todas as pastas do município estão “empenhadas no atendimento a ocorrências e ações de recuperação da cidade”.

Conforme a gestão local, a Defesa Civil tem feito vistorias em locais onde há deslizamentos e avaliado riscos estruturais em ruas e imóveis, “além de vistorias preventivas e rondas pela cidade”.

A Defesa Civil, segundo a gestão local, também tem dado suporte para a população por meio de orientações de segurança, avaliação das estruturas e apoiando com a destinação de suprimentos que têm sido doados para os moradores da região.

As aulas estão suspensas e as escolas da rede pública se tornaram pontos de apoio e atendimento às famílias por profissionais da Assistência Social, Saúde, Educação e Agentes Comunitários.

Atualizado 20 fevereiro 2022

Fonte principal: BBC

Outras Matérias

Olivia Cooke, Alicent Hightower em House of the Dragon faz campanha publicitária para Savage X Fenty

Olivia Cooke, que interpreta a versão adulta de Alicent Hightower em House of the Dragon apareceu de forma surpreendente em uma campanha para Savage X...

Primavera-Verão 2023 da Balenciaga, confira data e hora do desfile + convite inesperado!

Neste domingo, 02/10, tão importante para o Brasil (vote, e vote pela democracia!), você tem mais motivos pra madrugar: tem desfile de primavera-verão 2023 da Balenciaga, a partir das 06h30 (horário de Brasília).E...

Jeffrey Dahmer – Relatos dos únicos sobreviventes

A mais recente série da Netflix e Ryan Murphy, Dahmer: Um Canibal Americano, dramatiza o terrível caso da vida real do serial killer Jeffrey Dahmer e o que aconteceu com...

Saint Laurent | Primavera/Verão 2023

Minimalismo poderoso. E com emoção. Apresentando: Chaprié Runway “Para mim, o corpo diz o que as palavras não podem”, disse certa vez Martha Graham, a reverenciada...

Kanye West e Bruna Marquezine participaram do desfile Primavera/Verão Saint Laurent 2023

O rapper Kanye West chamou a atenção dos brasileiros ao compartilhar fotos da atriz Bruna Marquezine nesta quarta-feira, 28. Os registros, publicados nos stories do Instagram, mostravam Bruna durante o desfile...

Madonna: Blame It on Rio – For W Magazine 2009

Vestido preto de algodão e elastano de Victoria Beckham /Camisa preta de algodão de Pedro LourenCo Confira mais:

Premium

A assinatura da Chaprié Premium garante-lhe acesso ilimitado a todos os conteúdos da revista. Além disso, pode ainda ler sem limites em todos os seus dispositivos e estar 100% livre de propagandas.

Newsletter

Recentes