SOBREVIVÊNCIA

Em 2016, os artistas chineses Sun Yuan e Peng Yu construíram a obra chamada “Não Posso me Ajudar”, um robô industrial de um braço mecânico e sensores visuais. Ele foi colocado atrás de paredes de acrílico transparente e tinha um dever específico: conter um líquido viscoso vermelho-escuro dentro de uma área próxima a ele.

O líquido hidráulico era necessário para o robô funcionar, e parecer sangue real foi uma escolha deliberada dos artistas. De forma que o braço puxar o líquido para si funcionava como uma tarefa de “sobrevivência”. Quando os sensores detectavam que o fluido escorria demais, o braço robótico puxava-o para si.

Para continuar lendo esta matéria, você precisará adquirir acesso a Collection

Assine para obter acesso e continue lendo esta matéria! Tenha acesso ao conteúdo completo imediatamente!

Compartilhe nas Redes!

Chaprié Premium

Nossa revista digital com conteúdo exclusivo e edições temáticas, pensada especialmente para você e o universo digital. Você não precisa sair do site ou baixar qualquer app, é só fazer login deslumbrar-se de todo conteúdo feito com exclusividade!

Seja único. Seja Exclusivo. Seja Chaprié.

Exclusividade e luxo na Chaprié Premium

Outras matérias!