O historiador personificado

Vestir roupas históricas pode revelar coisas sobre o passado que nenhum livro pode.

Suzannah Lipscomb é autora de The Voices of Nîmes: Women, Sex and Marriage in Early Modern Languedoc (Oxford University Press, 2019), apresentadora do podcast Not Just the Tudors e Professora Emerita da University of Roehampton. 

Quando os produtores de TV sugerem que eu coloque roupas históricas, tendo a recuar. Em parte, isso é para não pisar nos calos de Lucy Worsley e tenho certeza de que é em parte vaidade; certo de que eu realmente não combinaria com um capuz de duas águas (o cocar Tudor que parece uma casa de passarinho incrustada de joias). Mas também se trata de querer ser visto como um historiador ‘sério e adequado’: e vestir-se bem parece não ajudar nessa causa. 

Não pude, no entanto, escapar à última oferta e embora, no início, me tenha sentido um pouco tola, aprendi muito com ela. Pois acontece que existe um mundo de diferença entre um entendimento intelectual e um entendimento corporificado e eu aprendi coisas que de outra forma nunca poderia ter conhecido.

SGostou desta matéria? Tenha acesso ao conteúdo completo

Este conteúdo faz parte da Chaprié Collection, ou seja, toda a página da Collection é 100% exclusiva para nossos magníficos assinantes da revista. A assinatura custa apenas R$9,90/m. Assine agora mesmo para ter acesso ou faça login na sua conta!

Compartilhe nas Redes!

Outras matérias!

Chaprié Collection

Críticas poderosas, cinema, documentários exclusivos & moda. Artigos com a melhor qualidade e melhores recomendações. Assinatura de luxo Chaprié Collection. Tenha acesso a matérias e coleções únicas. Peças escolhidas a dedo pelos melhores profissionais.

Exclusividade e luxo na Chaprié Collection