O feitiço que fez ‘Marilyn’ de Warhol atingir recorde de 1 bilhão de reais

Arrematado nessa segunda por maior valor já pago por obra do século XX, retrato da estrela feito por papa da art pop sobreviveu a tiroteio

Desbloquear a melhor experiência!

Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo exclusivo da revista. Além disso, pode ainda ler sem limites em todos os seus dispositivos e estar 100% livre de propagandas.
Pelo preço de uma café, você assina a Chaprié premium por R$12/m.

Arrematado nessa segunda por maior valor já pago por obra do século XX, retrato da estrela feito por papa da art pop sobreviveu a tiroteio

Um dos retratos de Marilyn Monroe pintados na famosa série de Andy Warhol sobre a estrela de Hollywood foi leiloado nessa segunda-feira, 9, em Nova York por 195 milhões de dólares – o equivalente a impressionantes 1 bilhão de reaisA bagatela faz da serigrafia de Warhol a obra mais valiosa do século XX, ultrapassando a pintura Les Femmes d’Alger (Versão ‘O’)”, de Pablo Picasso, vendida em 2015 por 179,4 milhões de dólares.

Batizada de Shot Sage Blue Marilyn, a obra de 1964 tem uma história no mínimo curiosa: ela é “sobrevivente” de um tiroteio no estúdio de Warhol. Em 1964, uma artista performática chamada Dorothy Podber entrou no local e viu quatro dos cinco retratos da série de Marilyn feita por Warhol após a morte da atriz exibidos nas paredes. Ela, então, pediu para clicar as peças usando a palavra “shoot”, que em inglês significa fotografar, mas também atirar. Seu real objetivo logo ficou claro: Podber sacou uma pistola da bolsa e atirou na cabeça de cada uma delas, na região entre os olhos.

Warhol, posteriormente, atônito com a situação, restaurou os quadros, e a série ganhou o nome de “Shot Marilyns” (Marilyns Baleadas, em português), em referência ao caso. A Marilyn azul, agora a pintura mais cara já vendida no século XX, é a mais famosa delas e, curiosamente, a única que não chegou a ser atingida pela “performance” não autorizada de Dorothy Podber, um elemento indispensável para a áurea lendária que a coleção de serigrafias ganhou nos anos seguintes.

Curiosamente, quatro anos depois do episódio, o estúdio de Warhol voltou a ser alvo de mais um tiroteio, dessa vez mais trágico e quase fatal. Em junho de 1968, a escritora Valerie Solanas, paranoica com a ideia de que Warhol fosse roubar um de seus manuscritos, invadiu seu escritório e atirou contra ele e Mario Amaya, dono de uma galeria de Londres com quem o artista estava em reunião. Amaya não ficou gravemente ferido. Warhol, por outro lado, chegou a ser dado como morto, mas foi reanimado em seguida e passou dois meses no hospital se recuperando de várias cirurgias, além de ser forçado a usar um espartilho cirúrgico pelo resto da vida para manter os órgãos no lugar.

Marcelo Pinheiro
Marcelo Pinheiro
Escritor; entretenimento, moda, tecnologia e crítica. Redator e fundador da Revista Chaprié

Outras Matérias

Madonna: Blame It on Rio – For W Magazine 2009

Vestido preto de algodão e elastano de Victoria Beckham /Camisa preta de algodão de Pedro LourenCo Confira mais:

Lista completa com ecossistema Apple chega a R$43.596

Fizemos uma simulação de compra de todos os aparelhos recentemente lançados com os preços brasileiros diretamente da Loja Apple para um ecossistema de ultima geração....

Kanye West diz que terminou com acordos corporativos como Adidas e Gap e planeja seguir sozinho na indústria da moda a partir de agora....

Por: Kim Bhasin O rapper e designer Kanye West, que agora atende por Ye, diz que terminou com seus parceiros corporativos e planeja seguir carreira solo. “É...

A Casa Do Dragão Consertará O Episódio Mais Controverso De Daenerys

A história da personagem Rhaenyra em A casa do Dragão, pode ajudar a consertar, além de explicar melhor o episódio controverso de Daenerys Targaryen. A linha...

“Esta noite é a noite” – Uma mensagem de George R.R. Martin sobre House Of The Dragon

Esta noite é a noite. Já se passaram três anos desde que GAME OF THRONES foi lançado na HBO… e muito mais desde que começamos o...

House of The Dragon: Data de estreia e hora de lançamento dos episódios

Meses após as primeiras notícias sobre o seu desenvolvimento, a série derivada de Game of Thrones que leva o título de House of The Dragon (A Casa do Dragão...

Premium

A assinatura da Chaprié Premium garante-lhe acesso ilimitado a todos os conteúdos da revista. Além disso, pode ainda ler sem limites em todos os seus dispositivos e estar 100% livre de propagandas.

Newsletter

Recentes