Elon Musk não fará mais parte do Conselho do Twitter. Ações da plataforma sobem 1,69%

Bilionário se tornou o maior acionista da rede social e foi indicado ao cargo na semana passada

O bilionário Elon Musk decidiu não fazer parte do Conselho de Administração do Twitter. A informação foi confirmada por Parag Agrawal, CEO da companhia, nesta segunda-feira.

Musk seria efetivado neste sábado. Ele foi indicado ao cargo na semana passada, depois de ter adquirido 9,2% de participação na plataforma de mídia social, se tornando o maior acionista da empresa.

“Eu acredito que foi melhor assim. Sempre valorizaremos a contribuição de nossos acionistas, estejam eles em nosso conselho ou não. Elon é nosso maior acionista e permaneceremos abertos à sua contribuição”, escreveu Agrawal.

Após a notícia de que Musk não iria mais para o Conselho, as ações da empresa chegaram a cair 4% nas negociações pré-mercado em Nova York. Mas, terminaram o dia com alta de 1,69%.

Inicialmente, o dono da Tesla enviou documento ao regulador do mercado financeiro americano explicando que sua participação era “passiva”, ou seja, que não pretendia influenciar as grandes decisões estratégicas do plataforma.

No dia seguinte, porém, ele enviou nova documentação ao órgão alterando seu status para investidor ativo. Havia muita especulação sobre como seria a atuação de Musk no colegiado.

Compartilhe nas Redes!

Chaprié Premium

Nossa revista digital com conteúdo exclusivo e edições temáticas, pensada especialmente para você e o universo digital. Você não precisa sair do site ou baixar qualquer app, é só fazer login deslumbrar-se de todo conteúdo feito com exclusividade!

Seja único. Seja Exclusivo. Seja Chaprié.

Exclusividade e luxo na Chaprié Premium

Outras matérias!