Após a perda da mãe: A Eletrizante juventude de Harry

O filho mais novo de Diana passou por uma adolescência turbulenta e foi rotulado pela mídia como 'garoto problema'

Desbloquear a melhor experiência!

Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo exclusivo da revista. Além disso, pode ainda ler sem limites em todos os seus dispositivos e estar 100% livre de propagandas.
Pelo preço de uma café, você assina a Chaprié premium por R$12/m.

por ALANA SOUSA

Quando deixou a realeza, o príncipe Harry recebeu ainda mais atenção do que estava acostumado. Desde a perda precoce da mãe, a princesa Diana, até o casamento amplamente divulgado com a ex-atriz Meghan Markle, o Duque de Sussex sempre se viu sob os holofotes.

No entanto, ao anunciar a saída da corte britânica, se distanciando da avó Elizabeth II, do pai Charles e do irmão William, a imagem de Harry passou por transformações profundas. Com sua popularidade aumentando para o mundo, mas decaindo no Reino Unido, o príncipe constantemente concede entrevistas nas quais abre o jogo sobre como era sua vida na monarquia europeia.

Porém, engana-se quem pensa que a mídia começou a prestar atenção em Harry apenas nos últimos anos; desde a juventude, o britânico protagoniza momentos marcantes, que nem sempre foram bons.

A perda da mãe

Com apenas 13 anos, Harry teve que enfrentar seu maior desafio: o acidente fatal que tirou a vida de Lady Di. Assim como o menino, o mundo ficou de luto pela princesa e a população inglesa exigiu um funeral real para homenagear a tão amada Diana.

Um dos momentos mais emocionantes foi o cortejo fúnebre, que contou com Harry e William andando por cerca de 30 minutos atrás do caixão da mãe. O episódio só foi possível graças à força do avô Philip, que se ofereceu a acompanhar os netos, se relacionando com a dor da perda por já ter enfrentado a morte da princesa Alice de Battenberg.

Em uma entrevista recente para a série ‘The Me You Can’t See’, da Apple TV+, Harry confessou ter feito uso de álcool e substâncias ilícitas como forma de encarar o luto. “Mas eu comecei a perceber: ok, não estou bebendo de segunda a sexta, mas eu provavelmente estou bebendo o equivalente de uma semana em uma noite de sexta ou sábado. Eu bebia sozinho não porque apreciava aquilo, mas porque estava tentando mascarar algo”.

A relação conturbada com o pai, o príncipe Charles, foi um dos fatores decisivos na adolescência de Harry. Desde cedo, o filho primogênito de Elizabeth II se mostrava distante e frio. “Meu pai costumava dizer para mim e para William quando eu era mais novo: ‘Bem, foi assim comigo, então é assim que será com você’. Isso não faz sentido. Só porque você sofreu, não significa que seus filhos precisam sofrer. Pelo contrário”.

Controvérsias

Conforme os anos iam passando, a figura de ‘garoto problema’ foi um rótulo constante da mídia para descrever Harry. No início da década de 2000, a imprensa divulgou que o jovem príncipe fumava maconha, chocando os admiradores da família real. A informação, mais tarde, foi confirmada pelo Palácio de St. James.

Pouco tempo depois, Charles organizou uma visita a um centro de reabilitação de dependentes de drogas e álcool como forma de conscientizar o filho. Embora, os anos seguintes tenham seguido por outra direção.

Príncipe Harry e Meghan se beijam após cerimônia de casamento

Em 2004, um fotógrafo disse ter sido agredido por Harry na saída de um clube, no qual o duque estaria festejando e bebendo com amigos. Um porta-voz da corte inglesa comunicou que o príncipe estava apenas se defendendo da invasão dos paparazzi e que “ao afastar a câmera, entende-se que o lábio de um fotógrafo foi cortado”, conforme repercutiu a BBC.

O ano de 2005 foi marcado pela maior polêmica de Harry até os dias de hoje. Em uma festa fanatsia, o filho mais novo de Diana decidiu ir vestido de nazista, com direito a suástica no braço.

Depois, o Duque de Sussex admitiu ter feito uma má escolha e se desculpou pelo ocorrido. Ainda assim, a imagem circula na internet e ajudou a consolidar uma reputação turbulenta para o jovem.

“Eu provavelmente estive muito perto de um colapso emocional completo em várias ocasiões, quando todos os tipos de tristeza e todos os tipos de mentiras chegam a você de todos os ângulos”, disse em entrevista ao Daily Mail em 2017.

Quase dez anos depois, em 2012, outra imagem estampou a primeira página dos jornais do Reino Unido: a foto trazia Harry pelado ao lado de uma mulher em um hotel de Las Vegas,EUA. Na época, o príncipe fazia trabalhos militares e utilizou disso para justificar seu comportamento.

“Provavelmente me decepcionei, decepcionei minha família e decepcionei outras pessoas”. E acrescentou que “foi provavelmente um clássico exemplo de eu sendo demasiadamente do Exército, e não suficientemente um príncipe”.

Das polêmicas a caridade

INGLEWOOD, CALIFORNIA: In this image released on May 2, Prince Harry, The Duke of Sussex, speaks onstage during Global Citizen VAX LIVE: The Concert To Reunite The World at SoFi Stadium in Inglewood, California. Global Citizen VAX LIVE: The Concert To Reunite The World will be broadcast on May 8, 2021. (Photo by Kevin Winter/Getty Images for Global Citizen VAX LIVE)

Hoje, com 33 anos, Harry se dedica a trabalhos humanitários lidando com veteranos de guerra e estigmas relacionados à saúde mental. Após tantos anos no Exército, Harry sempre se lembra com honra de sua dedicação a seu país.

Vivendo nos Estados Unidos ao lado da esposa Meghan Markle e do filho ArchieHarry será pai de uma menina em breve. Trabalhando duro para mostrar que a realeza não é um conto de fadas, ele também se dedica a conseguir vacinas contra o coronavírus para países menos favorecidos.

As escolhas de Harry se assemelham às de sua mãe, optando pela distância do luxo da monarquia, o príncipe tem suas prioridades claras. De ‘garoto problema’, se tornou um exemplo de força e consideração ao próximo, assim como Diana um dia sonhou.

Marcelo Pinheiro
Marcelo Pinheiro
Escritor; entretenimento, moda, tecnologia e crítica. Redator e fundador da Revista Chaprié

Outras Matérias

Madonna: Blame It on Rio – For W Magazine 2009

Vestido preto de algodão e elastano de Victoria Beckham /Camisa preta de algodão de Pedro LourenCo Confira mais:

URGENTE: Rainha Elizabeth II morre aos 96 anos

A Rainha Elizabeth II faleceu aos 96 anos de idade. A monarca, que ocupou o trono britânico por mais de sete décadas e foi uma das monarcas...

House of The Dragon: Data de estreia e hora de lançamento dos episódios

Meses após as primeiras notícias sobre o seu desenvolvimento, a série derivada de Game of Thrones que leva o título de House of The Dragon (A Casa do Dragão...

O Google é tão poderoso que “esconde” outros sistemas de busca de nós. Só não sabemos a existência da maioria deles.

Entretanto, ainda há um grande número de excelentes pesquisadores no mundo especialistas em livros, ciências, outras informações inteligentes. Mantenha uma lista de sites que você nunca...

Chaprié – Edição: Filho da Terra

Nessa sequência presenciamos a passagem para a vida adulta do Filho da Mãe Terra, e a sua reconexão com o mundo imaterial que se encontra...

Game of Thrones: esse personagem icônico fará um retorno?

Game of Thrones: esse personagem icônico fará um retorno? Enquanto a HBO se prepara para lançar “House of Dragon”, um adicional da série “Game of Thrones”,...

Premium

A assinatura da Chaprié Premium garante-lhe acesso ilimitado a todos os conteúdos da revista. Além disso, pode ainda ler sem limites em todos os seus dispositivos e estar 100% livre de propagandas.

Newsletter

Recentes