Amber Heard depõe que Johnny Depp se tornou violento por ciúmes “Nada que eu fiz o fez parar de me bater”

Em um episódio, a atriz disse que Depp ficou chateado quando soube que ela havia beijado o ator James Franco para uma cena no filme de 2015 'Traumas de Infância'

Em um episódio, a atriz disse que Depp ficou chateado quando soube que ela havia beijado o ator James Franco para uma cena no filme de 2015 ‘Traumas de Infância’

Em seu segundo depoimento no julgamento em que é acusada de difamação por Johnny Depp, Amber Heard testemunhou nesta quinta-feira que o ex-marido a chutou nas costas e feriu seu nariz quando sentia ciúmes. A atriz de “Aquaman” falou no Tribunal de Fairfax, na Virgínia, EUA, pela primeira vez no dia anterior e relatou que o casal teve um relacionamento “mágico”, até se tornar violento. Ela também disse que reviver a história no julgamento é algo “doloroso e difícil”.

Em um episódio, a atriz disse que Depp ficou chateado quando soube que ela havia beijado o ator James Franco para uma cena no filme de 2015 “Traumas de Infância”.

A bordo de um avião particular, Depp teria chamado Heard de “vagabunda” e perguntou em linguagem sexualmente explícita o que Franco “fez com meu corpo”, de acordo com o depoimento dela, acrescentando que Depp cheirava a maconha e álcool.

Heard disse que trocou de lugar várias vezes durante o voo e Depp teria jogado cubos de gelo e utensílios nela. Em dado momento, ela contou que Depp teria ido atrás dela e a chutado nas costas, mas guardas de segurança e funcionários do avião não teriam reagido.

— Fiquei envergonhada que ele pudesse me chutar no chão na frente das pessoas — afirmou Heard.

Heard também contou ter ido a um grupo de apoio para quem cuida de dependentes químicos em 2014 após o incidente do avião.

Outra vez, Depp teria acusado Heard de flertar com alguém no Met Gala em Nova York, relatou Amber. Em seu quarto de hotel após o evento, ele a teria empurrado e os dois brigaram.

— Em algum momento, ele simplesmente me deu um tapa na cara — disse ela. — Suspeitei que tinha um nariz quebrado.

O depoimento da atriz é transmitido ao vivo no YouTube:

Heard havia dito ao júri na quarta-feira que Depp a agrediu várias vezes antes e durante seu breve casamento.

Uma foto apresentada no tribunal nesta quinta-feira mostraria Depp desmaiado numa cadeira.

Foto mostrada no Tribunal de Fairfax, na Virgínia, EUA, mostraria Johnny Depp desmaiado numa cadeira — Foto: Jim Lo Scalzo / REUTERS

Segundo Heard, Depp teria se tornado mais abusivo e volátil entre 2014 e 2016, quando ela pediu o divórcio.

— Eu tentei por mais de um ano, talvez dois, apenas não reagir fisicamente, não reagir verbalmente. A essa altura do nosso relacionamento, nós dois estávamos dizendo coisas horríveis um para o outro. Gritando um com o outro.

A atriz disse que se sentiu num “inferno” quando foi com Depp para as Bahamas enquanto ele estaria tentando se desintoxicar de Roxicodone em agosto de 2014. Por vezes, ele gritava e depois mudava, agindo de modo “calmo e doce”.

— Ele queria muito fazer sexo, o que não é nada parecido com Johnny — afirmou Heard.

Numa ocasião, Depp teria falado sobre desistir da desintoxicação e reagido violentamente ao ouvir da então mulher incentivos para que continuasse.

— Eu disse algo para ele e ele ficou tão bravo comigo que me deu um tapa no rosto. Ele estava chorando, dizendo que nenhuma mulher o envergonhou assim, nunca o fez se sentir assim.

Depp também acusou Heard de esconder um homem na casa, embora eles estivessem juntos em uma cabana em sua ilha, ela testemunhou.

— Foi um inferno — resumiu ela a respeito da viagem.

No entanto, Heard também relembrou quando se sentiu bem ao lado do ator e falou sobre a proposta de casamento de Depp feita num quarto de hotel em Londres.

— Foi muito legal. Ele se ajoelhou e disse “Quero que você seja minha garota para sempre'”. Eu me senti a mulher mais sortuda do mundo — relatou Heard, acrescentando que achava que se casar tornaria o relacionamento estável e não “caótico”.

Ela disse que tentou por mais de um ano manter as coisas calmas, não reagindo às acusações ou explosões de Depp. “Nada que eu fiz o fez parar de me bater”, disse Heard.

“Eu tentaria atacar verbalmente”, disse ela. “Nós dois estávamos dizendo coisas horríveis um para o outro.”

A primeira explosão física de Depp, disse Heard na quarta-feira, veio depois que ela perguntou o que estava escrito em uma de suas tatuagens desbotadas. Ela contou que ele respondeu “Wino” (termo em inglês referente a uma pessoa, geralmente em situação de rua, que bebe muito vinho ou outras bebidas alcoólicas), e ela riu, pensando que era uma piada.

— Ele me deu um tapa no rosto — disse Heard. — Eu não sabia o que estava acontecendo. Eu apenas olhei para ele.

Depp nega agressões

Depp, de 58 anos, testemunhou no início do julgamento que ele nunca bateu em Heard e argumentou que ela era a agressora.

A estrela dos filmes “Piratas do Caribe” está processando Heard, de 36 anos, em US$ 50 milhões, dizendo que o difamou quando alegou ter sido vítima de abuso doméstico. Heard contra-processou por US $ 100 milhões, argumentando que Depp a difamou ao chamá-la de mentirosa.

O caso surgiu a partir de um artigo de opinião de dezembro de 2018 que Heard escreveu no “Washington Post”. O texto não mencionou Depp pelo nome, mas seu advogado disse ao tribunal que estava claro que Heard estava se referindo a ele. O divórcio do casal foi finalizado em 2017, após menos de dois anos de casamento.Os advogados de Heard argumentaram que ela disse a verdade e que sua opinião estava protegida pela liberdade de expressão pela Primeira Emenda da Constituição dos EUA.

Compartilhe nas Redes!

Chaprié Premium

Nossa revista digital com conteúdo exclusivo e edições temáticas, pensada especialmente para você e o universo digital. Você não precisa sair do site ou baixar qualquer app, é só fazer login deslumbrar-se de todo conteúdo feito com exclusividade!

Seja único. Seja Exclusivo. Seja Chaprié.

Exclusividade e luxo na Chaprié Premium

Outras matérias!